Cursos de Extensão


De El Shaddai ao Bom Pastor: a construção dos ministérios nos primeiros séculos cristãos


Professor

Luciano Rocha Pinto
Doutor em História (UERJ)
Pós-doutor em História (UFF)
Pós-doutorando em Teologia (PUC-Rio)
 

Período

De 4 de abril a 23 de maio de 2018

Abril: 4, 11, 18, 25
Maio: 2, 9, 16, 23
 

Horário
Quartas-feiras, das 17h às 18h30
 

Carga horária
16 h/a

 

Objetivo geral

Apresentar e analisar o vasto e complexo tema dos ministérios, a partir de uma abordagem histórico-teológica do poder pastoral.
 

Objetivos específicos

- Proporcionar uma visão ampla e consistente sobre a formação histórica dos ministérios ordenados e seu processo de estilização das comunidades locais à Igreja Imperial.

- Compreender os discursos que forjaram o ministério ordenado, em seus distintos graus, aludindo ao processo de sacerdotalização da Igreja.

- Analisar a construção histórico-teológica do ministério ordenado, ancorado à figura do Bom Pastor, em torno do episcopado monárquico, tendo a diaconia como elemento de unidade do Sacramento da Ordem. 

 

Conteúdo programático (8 aulas)

1 – (1.1) Fontes e periodização do cristianismo primitivo – (1.2) A construção e os contornos do Pastor: De El Shaddai (o Deus das estepes) ao Bom Pastor: a estilização do poder pastoral.

2 – Os ministérios na Sagrada Escritura: apóstolos, profetas e mestres (Unidade e diversidade dos ministérios em Lucas e Paulo.

3 – Epíscopos, presbíteros e diáconos: sobre o processo de hierarquização e consolidação dos ministérios ordenados.

4 – A relação epíscopo-diácono e o arcediaconado: emergência e desaparecimento do diaconado latino a partir das relações de poder pastoral.

5 – A relação presbítero-diácono e o processo de sacerdotalização da Igreja.

6 –  Ordens menores e “diaconado feminino”: acenos historiográficos.

7 – As funções litúrgicas dos ministérios ordenados: da Didache à Constituiciones Apostolicae.

8 – A colegialidade do ministério ordenado: unidade e relação ministerial dos primórdios à Igreja Imperial.

 

Referências sugeridas para aprofundamento do tema

AMBROSIO. De Officius (Séc. IV) (Fontes Históricas).

ARAÚJO, Gilvan Leite de. “Os ministérios na Bíblia”. Revista de Cultura Teológica, v. 16, n. 64, jul/set. 2008. Disponível em: <https://revistas.pucsp.br//index.php/culturateo/article/view/15518/11594>.  Acesso em: 11/05/2017.

ARNAU, Ramón. “Ordem y ministérios”. In: Sapientia Fidei: serie de manuales de teologia. Madrid, ES: Biblioteca de Autores Cristianos, 2010.

BENDINELLI, Julio Cesar. Servidor da mesa da Palavra de Deus: estudo teológico-pastoral sobre o ministério do diácono permanente. Rio de Janeiro: Departamento de Teologia/Programa de Pós-Graduação em Teologia. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (Tese de doutorado), 2016.

BLUME, Leandro. O sacerdócio ministerial no prefácio de ordenação. Teocomunicação: Porto Alegre v. 35 Nº 148 Jun. 2005 p. 225-260. Disponível em: <http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/teo/article/viewFile/1684/1217> Acesso em: 22/05/2017.

BORRAS, Alphonse; POTTIER, Bernard. A graça do diaconato: questões atuais relativas ao diaconato latino. São Paulo: Loyola, 2010.

CIPRIANO DE CARTAGO. Cartas (252-254 ca.) (Fontes Históricas).

CLEMENTE DE ALEXANDRIA (150-215). Verdadeiros sacerdotes e verdadeiros diáconos (séc. III) (Fontes Históricas).

DANTAS, João Paulo de Mendonça. “Diaconato feminino? Alguns acenos à historiografia das ‘diaconisas’”. Kairós: Revista Acadêmica da Prainha Ano VII/2, Jul/Dez 2010. Disponível em: <https://docs.google.com/viewer?a=v&pid=sites&srcid=ZGVmYXVsdGRvbWFpbnxhdG9zNnRlb3xneDo2MzhiOGJkMDBhNjhmNGVk> Acesso em: 21/05/2017.

DIDAQUÉ: Doutrina dos Doze Apóstolos (90 ca.) (Fontes Históricas).

DIDASCALIA APOSTOLORUM (230 ca.) (Fontes Históricas).

EUSÉBIO DE CESAREIA. História Eclesiástica – Livro III (311ca.) (Fontes Históricas).

HACKMANN, Geraldo Luiz Borges. Servir a Cristo na Comunidade: o ministério presbiteral em Edward Schillebeeckx. São paulo: Edições Loyola, 1993.

ILLARZE, Enrique Antonio. As funções litúrgicas das ordens sagradas ao longo da história, com ênfase especial ao anglicanismo. São Leopoldo, RS: Escola Superior de Teologia, 2003.

INÁCIO DE ANTIOQUIA. Carta à Policarpo (107 ca.) (Fontes Históricas).

__________. Carta aos Efésios (107 ca.) (Fontes Históricas).

__________. Carta aos Esmirnenses (107 ca.) (Fontes Históricas).

__________. Carta aos Filadélfos (107 ca.) (Fontes Históricas).

__________. Carta aos Magnésios (107 ca.) (Fontes Históricas).

__________. Carta aos Tralianos (107 ca.) (Fontes Históricas).

KAUFMANN, Thomas (et alii). História Ecumênica da Igreja (1): dos primórdios até a Idade Média. São Paulo: Edições Loyola: Paulus; São Leopoldo, RS: Editora Sinodal, 2012.

MANESCU, Mihaela. “El diaconado feminino em la época bizantina”. Espacio, Tiempo y Forma, Série III, Ha Medieval, t. 21, 2008, pp. 267-283. Disponível em: <http://revistas.uned.es/index.php/ETFIII/article/viewFile/3791/3648> Acesso em 11/05/2017.

ORÍGENES. Comentário ao Evangelho de Mateus (séc. III) (Fontes Históricas).

ORÍGENES. Homilia sobre Jeremias (séc. III) (Fontes Históricas).

PINTO, Luciano Rocha. “O poder pastoral como diaconia caritatis: um olhar histórico-teológico do diaconado em sua tessitura no tempo”. Atualidade Teológica: Rio de Janeiro, v. 21, n. 55, p. 129-153, jan./abr.2017. Disponível em: <https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/29277/29277.PDFXXvmi=> Acesso em 22/05/2017.

__________. “Diaconado latino: uma reflexão sobre seu desaparecimento a partir das relações de poder pastoral”. Atualidade Teológica: Rio de Janeiro, v. 20, n. 52, p. 106-128, jan./abr.2016. Disponível em: <https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/29277/29277.PDFXXvmi=> Acesso em 22/05/2017.

__________. “Mensa verbi Dei: O ministério diaconal da Palavra de Deus”. Revista Coletânea (Prelo).

POLICARPO DE ESMIRNA. Carta aos Filipenses (110 ca.) (Fontes Históricas).

PSEUDO DIONÍSIO (O Areopagita). O Sacramento da Ordem (século V) (Fontes Históricas).

PSEUDO DIONÍSIO (O Areopagita). Os sagrados ritos da Eucaristia (século V) (Fontes Históricas).

SÓLIS, Álvaro Arturo Estrada. El diaconado em la literatura teológica em lengua italiana. Pamplona, ES: Facultatis Theologiae Universitatis Navarrensis, 2007.

TABORDA, Francisco. A igreja e seus ministros: uma teologia do ministério ordenado. São Paulo: Paulus, 2011.

WILGES, Irineu. “A diaconisa”. Perspectiva Teológica, v. 5, n. 9 (1973). Disponível em: <http://faje.edu.br/periodicos/index.php/perspectiva/article/view/2434/2687> Acesso em: 19/04/2017.

ZILLES, Urbano. “O magistério dos bispos e o magistério dos doutores”. Teocomunicação, Porto Alegre, v. 38, n. 160, p. 210-225, maio/ago. 2008. Disponível em: <http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/teo/article/view/4485/3404. > Acesso em: 19/04/2017.

 

Certificado

Confere certificado mediante 75% de presença nas aulas.


Investimento

R$ 255,00
 

Documentação solicitada

- Identidade (cópia)
- CPF (cópia)

- comprovante de residência (cópia)

OBS: As cópias da documentação deverão ser entregues na secretaria no momento da inscrição.
 

Inscrições

Inscrições abertas até 3 de abril de 2018, terça-feira

Após preencher o formulário abaixo, clique no botão confirmar e escolha a forma de pagamento de R$ 255,00 referente ao valor do curso.

A Faculdade de São Bento do Rio de Janeiro adota o sistema de pagamento online, o que garante eficiência e segurança. O pagamento poderá ser realizado com cartão de crédito, débito ou por boleto bancário.

A inscrição estará confirmada com o pagamento deste valor, que não será restituído em caso de desistência do curso por parte do aluno.




Newsletter