Cursos de Extensão


CONSERVAÇÃO E RESTAURO DE PATRIMÔNIO EDIFICADO


Professora 

Rita Cerqueira da Mota

Natural da cidade do Porto, Portugal
Licenciada em Conservação e Restauro
Especialista em Restauro de Patrimônio Móvel e Imóvel

Entre outros trabalhos, a professora Rita participou no restauro do Palacete Villa Moraes, Ponte de Lima/Portugal (estuque decorativo e policromado); Solar dos Condes De Prime, Viseu/Portugal (pintura sobre madeira e papel, em tetos e paredes); Igreja Matriz de Vouzela, Retábulos-mor e laterais e sacristia (douramento, marmorizados e pintura decorativa sobre madeira), Salão Árabe do Palácio da Bolsa, Porto/Portugal; Auditório Principal da Casa da Música no Porto/ Portugal (execução dos painéis com douramento); Fábrica de Pão-de-Ló de Margaride, Felgueiras/Portugal (pintura decorativa e estuques); diversos trabalhos de reabilitação de interiores e fachadas da zona Histórica da Cidade do Porto/Portugal e levantamentos de patologias de vários edifícios.
 

Período

De 9 de maio a 11 de julho de 2017

Maio: 9, 16, 23, 30
Junho: 6, 13, 20, 27
Julho: 4, 11

 

Horário

Terças-feiras, das 9h30 às 12h


Carga horária

30 horas/aula


Introdução 

Não se pode falar em conservação e restauro sem falar em conservação preventiva de bens culturais uma vez que esta é a primeira fase de abordagem de qualquer obra de arte. Assim sendo temos que pensar em todas as condições que agridem uma obra de arte, sejam elas físicas, climáticas, biológicas e por vezes químicas.

Plano curricular

1. Caracterização dos materiais constituintes das obras de arte

a. Materiais orgânicos

b. Materiais inorgânicos

c. Materiais pétreos

d. Argamassas

e. Estuques


2. Diagnóstico do estado de conservação da obra de arte

a. Lacunas

b. Estabilidade

c. Fissuras

d. Elementos em falta

3. Fatores de degradação do patrimônio arquitetônico

a. Fatores ambientais

b. Fatores biológicos

c. Fatores intrínsecos

d. Fatores humanos


4. Diagnóstico do estado de conservação

5. Planificação de uma intervenção


6. Princípios de intervenção em conservação e restauro

a. Princípio do respeito pelo original

b. Princípio da intervenção mínima

c. Princípio da compatibilidade de materiais

d. Princípio da reversibilidade


7. Identificação e caracterização de materiais comerciais e industriais usados em conservação e restauro de patrimônio edificado

8. Visitas de estudo a agendar


OUTROS TEMAS A SEREM ABORDADOS DURANTE O CURSO:

- História do Patrimônio Edificado

- Patologias dos Materiais

- Patologias na Construção

- História dos Estuques em Portugal e no Brasil

- Intervenção Mínima

- Compatibilidade e Reversibilidade dos Materiais

- Os Estuques Decorativos em Edifícios de Época

- Reabilitação Integrada


NOTA: De salientar que os alunos serão integrados e orientados de acordo com os seus conhecimentos, dado o fato de para uns ser uma iniciação e para outros, continuação, mas será considerada enriquecedora para todos a troca de conhecimentos e experiência promovendo a interdisciplinaridade.


Público-alvo
Arquitetos, engenheiros civis, técnicos de conservação e restauro, decoradores e interessados no tema.


Objetivos
- Sensibilizar para o tema, pois no Brasil, nomeadamente no Rio de Janeiro, estão a decorrer várias obras de reabilitação.

- Aumentar e consolidar o conhecimento geral


Investimento

Taxa de inscrição: R$ 60,00

3 parcelas de R$ 200,00

Documentação solicitada (cópia)

- Identidade
- CPF
- comprovante de residência
OBS: As cópias da documentação deverão ser entregues na secretaria no momento da inscrição.

 

Inscrição

Clique abaixo no botão Faça sua pré-inscrição. Selecione o curso de seu interesse na seta e após preencher todos os campos clique em Confirmar.

Ao recebermos sua pré-inscrição enviaremos o boleto referente a taxa de inscrição pelo correio e também uma segunda via do boleto por e-mail. A inscrição estará confirmada com o pagamento desta taxa, cujo valor não será restituído em caso de desistência do curso por parte do aluno.

Se o boleto não for recebido, entre em contato com a secretaria da Faculdade de São Bento pelo e-mail secretaria@faculdadesaobento.org.br ou pelos telefones (21) 2206-8310 e (21) 2206-8281.




Newsletter